Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Vertente económica das áreas marítimas abordada na AL
Sexta, 16/12/2016

As novas áreas marítimas sob jurisdição da RAEM devem ser aproveitadas para criar valor económico. A opinião foi defendida pelos deputados Chui Sai Peng e Angela Leong.

 

“Sugiro o estudo do turismo individual nas áreas marítimas interligadas entre Macau, Zhuhai, Hong Kong e Shenzhen, com vista a que os turistas do interior da China possam gozar, livre e convenientemente, de lazer, visitas, estadias e compras em determinadas áreas marítimas e ilhas. Isto vai favorecer a distribuição da carga do trânsito e das instalações de superfície, criando novas actividades comerciais e postos de trabalho”, afirmou Chui Sai Peng, na Assembleia Legislativa (AL).

 

Imediatamente a seguir, Angela Leong abordou o mesmo tema, lembrando que já está em funcionamento o esquema de vistos individuais entre Macau e Zhongshan, para os turistas que chegam em embarcações de recreio. “O projecto pode disponibilizar muitas oportunidades de trabalho, por isso, o Governo deve ter planos para apoiar este sector”, apelou a deputada.

 

Angela Leong referiu que deve ser construído um novo terminal marítimo e aproveitadas as antigas instalações do Porto Interior. As medidas vão ajudar Macau a “transformar-se num centro mundial de turismo e lazer”.