Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Chan Meng Kam: Governo sofre de uma “deficiência congénita”
Sexta, 16/12/2016

O deputado Chan Meng Kam acusa o Executivo de ter uma “deficiência congénita” na gestão da tutela dos Transportes e Obras Públicas, que regista “diversas situações caóticas”. Os projectos do metro ligeiro e das habitações públicas foram dados como exemplos do que “merece a atenção do Governo”.

 

Chan Meng Kam notou que tanto o Gabinete para as Infra-estruturas de Transportes (GIT) como o Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruturas (GDI) têm carências em termos de recursos humanos.

 

“Os trabalhadores do GIT são, maioritariamente, jovens que não conhecem os procedimentos administrativos”, referiu o deputado, lembrando que o gabinete tem em mãos o projecto do metro ligeiro.

 

Sobre o GDI, Chan Meng Kam lembrou as recentes declarações do secretário Raimundo do Rosário: “Só tem 82 trabalhadores e está encarregue da construção de todas as habitações públicas”.

 

“Se o problema é falta de pessoal, creio que nenhum residente se opõe à respectiva contratação. A questão fulcral é a seguinte: terão os governantes capacidades decisória, de liderança e de planeamento? Terão especialização sobre a concepção, as técnicas e apreciação de nível correspondente às necessidades do desenvolvimento?”, questionou Chan Meng Kam.

 

Na opinião do deputado, o “cerne da questão” são as “deficiências nas várias vertentes”. Por isso, “há que aperfeiçoar a equipa de trabalho” e “aumentar a qualidade” do desempenho.