Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Zheng Anting insiste na revisão da Lei de Terras
Sexta, 16/12/2016

O caso Pearl Horizon levou Zheng Anting a sugerir, mais uma vez, a criação de um grupo interdepartamental para “averiguar a intenção legislativa” da Lei de Terras. O deputado antecipa ainda uma batalha judicial entre os proprietários das casas que não estão concluídas e a banca, uma vez que um grupo de investidores já anunciou que vai deixar de pagar os empréstimos.

 

“No final, são intentadas acções judiciais pelos bancos aos proprietários, por estes últimos à Polytec, por esta ao Governo. Uma longa batalha judicial, que vai acarretar um grande volume de trabalho e processos nos tribunais. Os custos disso para a sociedade vão ser enormes, afectando o desenvolvimento harmonioso de Macau”, sustentou Zheng Anting, na Assembleia Legislativa.

 

“Pelo exposto, solicito ao Governo, mais uma vez, que crie um grupo de trabalho interdepartamental”, concluiu.

 

A preocupação de Zheng Anting foi partilhada pelo outro deputado eleito pela lista União de Macau-Guangdong. Mak Soi Kun acusa o Governo de estar de “braços cruzados”.

 

“Isto vai afectar, de certeza, a vida da população e o normal funcionamento de todos os sectores. Vai causar uma enorme reacção negativa e em cadeia em todo o sistema financeiro. Pode mesmo até causar um efeito dominó com impacto para o desenvolvimento saudável da economia de Macau”, atirou Mak Soi Kun, antes de lançar uma pergunta: “Será que os governantes estão conscientes disso?”.