Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Rota das Letras regressa em Março com Bruno Vieira do Amaral
Quinta, 08/12/2016

O escritor português Bruno Vieira do Amaral, vencedor do Prémio Literário José Saramago, em 2015, com o romance “As Primeiras Coisas”, é um dos convidados da sexta edição do Festival Literário Rota das Letras, que decorre entre 4 e 19 de Março.

 

Entre os primeiros nomes confirmados pela organização do evento, que volta a ter como base o edifício do antigo tribunal, na Praia Grande, contam-se, ainda, a cineasta nascida em Macau Clara Law, o fotógrafo e autor de banda desenhada belga Philippe Graton, e o autor escocês Graeme Burnet.

 

Graeme Burnet chega ao Rota das Letras através de uma parceria com a Universidade de Macau.

 

Burnet foi um dos finalistas do Prémio Man Booker 2016 com o livro “His Bloody Project: Documents relating to the case of Roderick Macrae”, que foi a obra mais vendida de todas as que integraram a lista final da última edição do galardão internacional.

 

Clara Law, radicada na Austrália desde os anos 1990, virá apresentar algumas das suas obras, que incluem ficção e documentário. Em 1992, foi a vencedora do Leopardo de Ouro no Festival de Cinema de Locarno com “Autumn Moon”.

 

Philippe Graton é filho de Jean Graton, o criador da popular série de banda desenhada “Michel Vaillant”, baseada nas aventuras de um piloto de automóveis, que também passam por Macau.

 

Philippe Graton continuou o legado do pai retomando a série de livros de banda desenhada, que, em 2017, cumpre 60 anos.

 

Em Macau, Graton virá falar sobre o seu trabalho e inaugurar uma exposição que vai incluir as provas originais do álbum “Rendez-vous à Macao”, de 1983.