Em destaque

22 de Janeiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2217 patacas e 1.1363 dólares norte-americanos.

Quenianos dominam maratona, portuguesa vence meia
Domingo, 04/12/2016

O queniano Peter Some foi o vencedor da maratona masculina de Macau, com o tempo de 2:12:52, e a norte-coreana Ji Hyang Kim venceu a maratona feminina (2:36:16).

 

Dominic Kimwetich e Suleiman Simotwo, ambos do Quénia, completaram os restantes dois lugares do pódio da maratona masculina.

 

No sector feminino, os segundo e terceiro lugares foram também conquistados por duas atletas quenianas, Joan Kigen e Hemtai Rionotukei.

 

A atleta portuguesa Doroteia Peixoto ganhou hoje a meia-maratona feminina de Macau e o português Miguel Ribeiro ficou em segundo lugar na prova masculina, tendo três atletas quenianos completado o pódio da principal competição.

 

Na meia-maratona, Doroteia Peixoto terminou a prova em 1:16:40, à frente da timorense Nélia Martins e da cabo-verdiana Crisolita Silva.

 

Já outro português, Miguel Ribeiro, fez a meia-maratona de Macau em 01:07:41, atrás do queniano Joseph Ngare (1:05:59). Em terceiro lugar ficou o cabo-verdiano Ruben Sanca.

 

Esta foi a segunda vez que Miguel Ribeiro correu a meia-maratona de Macau e terminou no mesmo lugar de há três anos.

 

Já na maratona, o representante português na prova masculina, Bruno Paixão, ficou em décimo lugar (2:31:07) e Vera Nunes terminou em sexto (2:42:07) na corrida feminina.

 

Rosa Mota, de 58 anos, campeã olímpica e mundial da maratona, ganhou a mini-maratona, ao concluir os 5,5 quilómetros em 00:24:49.

 

Uma presença assídua em Macau, Rosa Mota ganhou o bronze na primeira maratona feminina em Jogos Olímpicos de Los Angeles de 1984 e o ouro em Seul em 1988.

 

Esta foi a 35.ª edição da Maratona Internacional de Macau, em que se inscreveram 10.000 atletas nas provas que a integram (maratona, meia-maratona e mini-maratona).