Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (quinta-feira)
Quinta, 17/11/2016

O relatório do FMI sobre a economia, ainda as Linhas de Acção Governativa para 2017 e o apoio de Portugal a Macau em áreas de ambiente e transportes fazem as primeiras páginas da imprensa portuguesa que não esquece o arranque do Grande Prémio de Macau.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun Iat Pou entrega a manchete a problemas de construção num complexo de habitação social, recém-inaugurado, em várias casas no Fai Chi Kei.

 

O Va Kio escreve na manchete que Chui Sai On, na Assembleia Legislativa, prometeu dedicar mais financiamento à educação.

 

Canal chinês da TDM

 

O Ou Mun Tin Toi está a dedicar as emissões desta manhã ao arranque do Grande Prémio de Macau. Sessões de treinos livres ao longo da manhã.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Ponto Final destaca o relatório do Fundo Monetário Internacional sobre a situação da economia. “A caminho da estabilidade” é a manchete. “A vã glória de mandar” é outro título em rodapé, referência ao segundo dia das LAG em que Chui Sai On, diz o jornal, mostrou que a democracia não é uma prioridade.

 

O Hoje Macau puxa essa matéria para manchete. “Nada e coisa nenhuma - Chui Sai On sem soluções na habitação”. No resto da página, “Mário, maduro Mário”, a propósito do crescimento da economia portuguesa, e lá está na primeira, foto do ministro português das Finanças, Mário Centeno.

 

O Jornal Tribuna de Macau entrega a manchete à visita do secretário de Estado adjunto do ambiente, do Governo português, Gomes Mendes. “Lisboa quer apoiar RAEM no ambiente e nos transportes”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Macau Daily Times surge com foto de Ng Kuok Cheong, no hemiciclo, e a manchete - “Ng abandona Assembleia em protesto pelo sufrágio universal”. Em rodapé, Wynn e Adelson convidados para a tomada de posse de Trump.

 

O Business Daily diz, na manchete, “Por um registo dos devedores”. Trata-se de uma proposta feita pelo presidente da Associção dos Junkets de Macau.  O jornal destaca ainda as previsões do FMI para o médio prazo sobre a economia de Macau.

 

No Macau Post Daily, “Chui diz que Macau precisa de um parque temático”. É o destaque encontrado pelo jornal sobre o dia dois da apresentação das LAG pelo Chefe do Executivo. No mais, o jornal faz referência aos novos pandas vermelhos que chegaram a Macau, vindos de Chengdu.  “Em período de quarentena”, é o título.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post dedica a manchete ao mundo laboral. “Compromisso à vista no horário de trabalho”. Noutra gorda da primeira: “Deputados afastados do Legco prepararam recurso”. Ainda na primeira, surge a foto do mais procurado fugitivo da China agora entregue às autoridades do continente pela Interpol.

 

O China Daily dá destaque à intervenção de Xi Jinping na conferência internacional para a cooperação cibernáutica. “Governo partilhado da internet, pede Xi”, é a manchete.

 

A primeira do The Standard é feita de publicidade. Na segunda página, pontua um artigo sobre higiene alimentar num restuarante de marisco de Hong Kong.