Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (segunda-feira)
Segunda, 14/11/2016

A imprensa portuguesa realça, esta segunda-feira, a demissão de Marco Mueller da direcção do Festival Internacional de Cinema. É este o tema transversal às manchetes dos jornais.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun Iat Pou antecipa a apresentação das Linhas de Acção Governativa e diz, em manchete, que o Chefe do Executivo vai apresentar “medidas para uma situação estável”.

 

O Va Kio diz que a Autoridade Monetária admite que há cada vez mais interesse em desenvolver em Macau o sector do leasing financeiro.

 

Canal chinês da TDM

 

O Ou Mun Tin Toi tem, esta manhã, na conversa com os ouvintes no Fórum Macau representantes do Corpo de Bombeiros.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

O Ponto Final entrega o destaque da edição à saída de Marco Mueller da direcção do Festival Internacional de Cinema de Macau. “Fitas no Festival” é a manchete. O jornal fala ainda da  final da Taça da Confederação Asiática, onde Macau vai defrontar o Nepal.

 

O Hoje Macau escolhe uma manchete com ressonâncias cinematográficas - “Corta – Marco Mueller demite-se do MIFF”. Em grande destaque surge a foto de Leonard Cohen – “O cantor morreu”.

 

O Jornal Tribuna de Macau também puxa pelo assunto - “Muller deixa Festival de Cinema a semanas de abertura”, mas o que se destaca, na primeira página, é a entrevista à deputada Melinda Chan. “Plataforma para a Lusofonia tem sido mal aproveitada”.

 

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Daily Times refere, na manchete, a saída de Marco Muller com fotografia do antigo director. Em rodapé, “Libertado um dos 18 australianos empregados de casino detidos na China”.

 

O Business Daily diz que “empréstimos para habitação subiram 50 por cento”. O jornal publica ainda a notícia da saída de Marco Mueller do Festival de Cinema.

 

O Macau Post Daily tem manchete de saúde. “Governo projecta lista de espera de transplantes para dentro de um ano - afirma o coordenador” Tai Wai Hou.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post publica na primeira página fotografia da mobilização pró-Pequim, ontem, junto ao Conselho Legislativo. “Milhares rejeitam independência” é manchete.

 

O China Daily também se refere ao assunto. “40 mil dizem que separatistas devem ser afastados”, é a manchete. Outro título prende-se com património. “Autoridades procuram relíquias culturais desaparecidas”.

 

A primeira do The Standard é feita de publicidade. Na segunda página, um artigo sobre imobiliário. “Difícil concordar que os valores estão a cair”, escreve a articulista.