Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (quinta-feira)
Quinta, 10/11/2016

A imprensa portuguesa realça, esta quinta-feira, a eleição de Donald Trump para a Casa Branca. É este o tema transversal às manchetes e capas dos jornais.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun Iat Pou dedica o principal título ao aumento do número de admissões de estudantes de Macau nas universidades do continente.

 

O Va Kio entrega a manchete à reunião do secretário da Economia com os representantes dos patrões na Concertação Social. “Todos concordam que é preciso valorizar esta plataforma”, diz o Va Kio.

 

Canal chinês da Rádio Macau

O Ou Mun Tin Toi tem vindo a dar espaço, esta manhã, às mudanças bruscas de temperatura. Hoje, registam-se as mais baixas desde o início do Outono – 14,7 graus.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

O Ponto Final entrega o destaque da edição à eleição de Donald Trump para a Casa Branca. Uma fotografia de um Trump com polegar em riste, sorridente, ocupa a quase totalidade da primeira página. O jornal fala ainda do empate de Macau com o Sri Lanka na Taça da Confederação Asiática.

 

O Hoje Macau escolhe uma manchete com ecos orwellianos para se referir à eleição de Trump - “O triunfo dos tortos”. A foto do presidente eleito ocupa quase toda a primeira página. Depois, em título o diário fala do artista Pakeong Sequeira – “Fortes mudanças”.

 

No Jornal Tribuna de Macau, “Trump surpreende o mundo”, mas a manchete nota que o “Governo quer reforçar o apoio domiciliário a deficientes”. Numa série de pequenos títulos, o jornal observa que o “Novo Guia Michellin atribui 19 estrelas a restaurantes locais”.

 

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Daily Times faz da eleição nos Estados Unidos o principal tema de capa – “A casa de Trump” é a manchete com foto a dominar toda a primeira página.

 

O Business Daily também puxa Donald Trump para a capa e diz, na manchete, que a eleição do magnata americano pôs o mundo a andar à roda.

 

O Macau Post Daily também se refere à eleição norte-americana. “Donald esmaga Clinton” é a manchete. Também faz referência à reacção de Clinton – “Deve-lhe ser dada uma oportunidade para governar”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Mornin​g Post puxa para a primeira a eleição norte-americana e, diz o jornal, em manchete, “Trump faz apelo à unidade”. É o tema que domina a primeira página.

 

O China Daily destaca o telefonema de Xi Jinping aos astronautas chineses em órbita. “Presidente saúda astronautas em video chamada histórica” e lá está, de uma lado, a figura de Xi de telefone ao ouvido, e do outro a foto dos dois astronautas em continência. O jornal não esquece as eleições norte-americanas – “Xi felicita vitorioso Trump”.

 

A primeira do The Standard é feita de publicidade mas, no canto superior direito, lá está a vitória americana. “Tsunami Trump esmaga Clinton”.