Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

CCAC: Falta de supervisão é “porta aberta à corrupção"
Quarta, 02/11/2016

O Comissariado Contra a Corrupção apresentou hoje um relatório de investigação sobre adjudicação de serviços de gestão de auto-silos públicos.

 

O relatório defende que o Governo deve avançar, o quanto antes, com uma revisão global da legislação que regula a adjudicação de obras e a aquisição de bens e serviços.

 

Este relatório surge na sequência de uma investigação criminal que culminou na condenação, a 12 anos de prisão, de um antigo Chefe da Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego plos crimes de corrupção e abuso poder.

 

Lou Ngai Wa foi condenado por ter ajudado três empresas a obter a gestão de parques de estacionamento.

 

Ora, neste relatório o CCAC considera que este caso evidenciou as deficiências nos mecanismos de fiscalização interna da DSAT. Mas o organismo liderado por André Cheong vai mais longe e diz que estas falhas são comuns a muitas direcções de serviços constituíndo uma "porta aberta à corrupção em muitos departamentos do Governo".