Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Song Man Lei a caminho do Tribunal de Última Instância
Segunda, 19/12/2011
A comissão independente responsável pela indigitação dos juízes já seleccionou o novo juiz do Tribunal de Última Instância. A Rádio Macau sabe que a comissão vai sugerir ao Chefe do Executivo, a quem compete fazer a nomeação, a designação da actual procuradora-adjunta do Ministério Público, Song Man Lei.

Song Man Lei, que se licenciou na China e tirou um curso de língua e cultura portuguesas na Universidade de Coimbra, integra o grupo dos primeiros magistrados locais de Macau. Em meados da década de 90, frequentou o curso de auditor judicial, ingressando depois na carreira de magistrado. Frequentou também o curso de Introdução ao Direito de Macau, na Universidade de Macau. Integrou, ainda, como membro não permanente, o Conselho Pedagógico do Centro de Formação de Magistrados e do Centro de Formação Jurídica e Judiciária, e foi professora convidada na Universidade de Macau.

Em Dezembro de 1999 foi nomeada por Edmund Ho, mediante indigitação do Procurador da RAEM, Ho Chio Meng, para delegado do Ministério Público. Exerce funções de procuradora-adjunta desde 2000.

Song Man Lei, que domina bem a língua portuguesa, é considerada por fontes do sector contactadas pela Rádio Macau como um dos melhores quadros da área da Justiça.

No Tribunal de Última Instância vai substituir o juiz Chu Kin, falecido em finais de Novembro, na sequência de um acidente de viação ocorrido a 25 de Agosto na China.