Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Receitas das agências de viagens com queda de 10,6%
Quarta, 28/09/2016

Em 2015 as receitas das agências de viagens cifraram-se em 6,50 mil milhões de patacas, tendo diminuído 10,6 por cento, face a 2014, segundo os dados hoje divulgados pelos Serviços de Estatística e Censos.

 

As receitas provenientes das excursões (1,96 mil milhões de patacas) aumentaram 7,6 por cento, em comparação com o ano 2014. Já quanto às receitas oriundas dos bilhetes de transporte de passageiros (1,90 mil milhões de patacas) e às reservas de quartos (1,09 mil milhões de patacas) registaram diminuições homólogas de 17,9 por cento e de 31,6 por cento, respectivamente. Os Serviços de Estatística e Censos justificam a queda com o “facto da reserva electrónica de quartos de hotéis e de bilhetes de avião se ter gradualmente vulgarizado entre os residentes”.

 

No ano passado havia 250 estabelecimentos de agências de viagens em actividade, mais 13 do que em 2014. O pessoal ao serviço nas agências de viagens totalizou 4545 trabalhadores.

 

As despesas das agências de viagens caíram também 9,5 por cento em 2015 para 6,21 mil milhões de patacas.