Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Tecnologias: Estudantes reconhecem impacto dos telemóveis
Domingo, 18/09/2016

A utilização de telemóvel pelos estudantes de Macau tem impacto na vida dos alunos. Foi a conclusão a que chegou a Associação Geral dos Estudantes Chong Wa de Macau, que levou a cabo um inquérito junto de escolas locais.

 

A grande maioria dos estudantes não vive sem o telefone por perto: 95 por dos alunos de Macau têm telemóvel e não vão para a escola sem ele. A grande maioria usa o telefone sobretudo para ir à Internet; depois, vêm os jogos e outros tipos de entretenimento e só a seguir vem a necessidade de fazer ou receber chamadas.

 

Trinta e cinco por cento dos alunos admitem que usam os telemóveis dentro das salas de aula e reconhecem que se distraem por causa dos aparelhos. Mais de 20 por cento dizem que, quando se esquecem do telefone em casa, se sentem desamparados e 55 por cento dos inquiridos confessam que os telemóveis têm impacto no modo como vivem.

 

O inquérito foi feito entre Março e Maio deste ano, junto de 36 escolas e universidades de Macau. A associação conseguiu ouvir 1382 estudantes.

 

Porque é a primeira vez que é levada a cabo uma pesquisa deste género, os responsáveis da associação dizem ter dificuldade em classificar a relação dos estudantes com os telemóveis, por não haver comparação possível com o que acontecia no passado. Mas mostram-se preocupados: os números bastam para perceber que os telefones afectam a vida dos alunos de Macau.