Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Obras no Hotel Palácio Imperial Beijing ainda não arrancaram
Terça, 06/09/2016

Mais de um mês depois do encerramento, os proprietários do Hotel Palácio Imperial Beijing ainda não começaram a fazer obras no espaço. A unidade está fechada desde o dia 23 de Julho, por ordem da Direcção dos Serviços de Turismo (DST).

 

“Ainda não estão a fazer as obras porque, só ontem, recebemos algumas cartas do hotel a dizer que, neste momento, têm algumas dificuldades em termos dos papéis na parte das Obras Públicas. Não posso dizer exactamente qual é a dificuldade porque não mencionaram”, explica a directora da DST, Helena de Senna Fernandes.

 

O hotel recebeu seis meses para melhorar as condições de segurança. “Até ao momento, não mudámos a nossa decisão de mudar o prazo”, Helena de Senna Fernandes.

 

No entanto, a directora da DST não fecha a porta a um prolongamento porque há “há vários factores” que podem levar a atrasos.

 

As obras não são a única dor de cabeça para os proprietários do Hotel Palácio Imperial Beijing. Ontem, um grupo de 30 agências de viagem acusou a unidade de burla.

 

Em causa estão prejuízos superiores a 250 milhões de dólares de Hong Kong, por terem mais de 700 mil reservas pagas. O grupo denuncia ainda que o hotel vendeu mais quartos do que a real capacidade. Os lesados já entregaram uma queixa no Ministério Público. O Conselho de Consumidores está a acompanhar o caso, revelou Helena de Senna Fernandes.