Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Governo atribui 150 mesas de jogo ao Parisian
Domingo, 04/09/2016

O Governo de Macau autorizou 150 mesas em área comum de jogo para o Parisian Macao, sendo que serão atribuídas de forma faseada durante três anos, revelou o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong, em declarações aos jornalistas.

 

De acordo com uma nota do Gabinete de Comunicação Social, 100 mesas vão estar disponíveis no dia 13 de Setembro, quando o Parisian, o novo empreendimento da Sands China no Cotai, for inaugurado.

 

As restantes mesas entrarão em vigor em duas fases, sendo que cada fase corresponde a 25 mesas, até 2017 e até dia 1 de Janeiro de 2018, respectivamente. Além disso, o Parisian Macao foi autorizado ainda a instalar 1.600 “slot machines”.

 

Segundo Lionel Leong, “a apreciação de qualquer pedido de mesas de jogo é feita com base na avaliação de vários factores, nomeadamente, se tal projecto engloba apostas em elementos não jogo, incentiva a participação de pequenas e médias empresas locais, contribui para tornar Macau num centro internacional de turismo e lazer e se integra ainda a capacidade de concorrência internacional”.

 

No que diz respeito ao número de mesas de jogo, Lionel Leong frisou ainda que “o Governo continua a insistir com firmeza na política que consiste no facto do aumento anual do número de mesas de jogo não exceder os três por cento, durante 10 anos, isto é, desde 2013 a 2022”.

 

Nesse sentido, o governante salientou que a entrada em funcionamento de mesas de jogo por fases tem o objectivo de evitar que as mesas de jogo “aumentem drasticamente num curto prazo de tempo”.

 

O Parisian vai receber o mesmo número de mesas atribuídas ao Wynn Palace, recentemente inaugurado.

 

A Sands China nunca revelou quantas mesas pediu ao Governo, mas em declarações feitas em Julho, o presidente da operadora, Wilfred Wong, admitiu que gostaria de ter mais do que as 250 projectadas por especialistas.

 

O Parisian Macao vai contar com três mil quartos, uma sala de espectáculos e um centro comercial.