Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Hong Kong: Localistas e democratas no centro das atenções
Domingo, 04/09/2016

As eleições para o Conselho Legislativo de Hong Kong são este domingo com o campo pró-democracia dividido. De um lado estão o localistas – que defendem a independência da região – por outro os democratas tradicionais.

 

Para James Sung, da City University de Hong Kong, ouvido pela TDM, estas eleições são uma batalha ideológica. “Todos têm uma política própria, todos têm um plano próprio para o futuro de Hong Kong”, afirma.

 

O professor defende que os localistas podem conseguir até três lugares no Conselho Legislativo nas eleições deste domingo, o que a acontecer mudará por completo o debate no Legco. Segundo o James Sung “haverá mais jovens” e, por isso, mais vozes  questionar “se a Lei básica deve ou não ser revista, ou mesmo desistir dela, e o que irá acontecer depois de 2047, depois de 17 anos sem mudança”.

 

Também Li Pang Kwong, da Universidade Lingnan de Hong Kong, acredita que os localistas podem reforçar a presença no Legco. “Nesta altura têm apenas um representante no Conselho Legislativo. Mas acredito que podem conseguir quatro ou cinco assentos nestas eleições. O que é um aumento substancial de apoiantes”, defendeu o académico ouvido pela TDM.

 

Para Li estas são eleições são importantes por dois motivos: por um lado, por causa dos movimentos que defendem a independência de Hong Kong, por outro, para perceber se o campo democrata conseguirá manter um terço dos assentos no Conselho Legislativo.  O académico diz que os democratas estão confiantes mas  o certo é que estão mais fracos. Um enfraquecimento que, diz Li Pang Kwong, se deve à divisão entre os democratas tradicionais e os localistas.

 

“De certeza que o apoio, em termos de número de votos ou o número de assentos no Conselho Legislativo, para os democratas será menor”, diz o professor.

 

As urnas abrem às 7h30 e fecham às 22h30. Estão inscritos 3,77 milhões de eleitores.