Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Lei anti-tabaco: realizadas mais de 200 mil inspecções
Sexta, 02/09/2016

O Governo anunciou hoje que foram realizadas, desde o início do ano, 213.744 inspecções a estabelecimentos no âmbito da lei do tabaco, sendo a média diária de 876. Por consequência, registaram-se 4.506 acusações. Os dados são publicados pelos Serviços de Saúde um dia depois da Associação de Empregados das Empresas de Jogo de Macau ter submetido uma petição ao secretário para os Assuntos Sociais e Cultura na qual pede um reforço das acções de fiscalização, especialmente dentro dos novos casinos.

 

Em comunicado, o Governo reafirma ainda os números específicos sobre os casinos, que tinham sido divulgados na noite de ontem. De Janeiro a Agosto foram efectuadas, em conjunto pelos Serviços de Saúde e pela Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, 326 inspecções, tendo sido alvo de acusação 394 indivíduos, a maioria turistas, encontrados a fumar ilegalmente.

 

Os Serviços de Saúde indicam ainda que, desde a entrada em vigor da lei do tabaco em 2012, já foram realizadas mais de um milhão de inspecções que resultaram em cerca de 35.600 acusações. As infracções, na sua grande maioria, continuam a ocorrer em cibercafés, seguindo-se os parques, jardins e zonas de lazer. Em terceiro lugar surgem os estabelecimentos onde se exploram máquinas de diversão e jogos de vídeo.

 

Em 170 casos foi necessário o apoio das forças de segurança. E o número de pessoas que pagaram multa representou mais de 80 por cento dos casos.