Em destaque

25 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,0449 patacas e 1,1156 dólares norte-americanos.

 

CPU discute projecto para terrenos junto à Assembleia
Quinta, 01/09/2016

O Governo quer construir escritórios, um pavilhão de exposições e um centro de convenções nos terrenos que estão livres junto à Assembleia Legislativa e o projecto vai ser discutido na próxima reunião do Conselho do Planeamento Urbanístico (CPU), marcada para segunda-feira.

 

Segundo a planta de condições urbanísticas, a altura máxima permitida para os edifícios é de 18 metros. O projecto incide sobre os lotes C15 e C16, que são propriedade da Administração, e que estão por desenvolver há vários anos.

 

Os terrenos localizam-se em frente à Assembleia Legislativa e foram palco dos maiores protestos alguma vez realizados em Macau, contra o regime de garantias dos altos cargos. Depois dos protestos, o Governo transformou o terreno num jardim vedado, obras que foram concretizadas no início de 2015.

 

Na Comissão de Acompanhamento para os Assuntos de Terras e Concessões Públicas o Governo transmitiu aos deputados que a finalidade destes terrenos só iria ser decidida quando o relatório da auscultação pública do Plano Director dos Novos Aterros estivesse concluído. A informação consta do relatório da Comissão, que foi divulgado este mês.