Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Segurança alimentar reforça cooperação com Guangdong
Sexta, 02/12/2011
O presidente do Conselho de Administração do Instituto para os Assuntos Cívicos e Muncipais defende que a cooperação com a província de Guangdong é importante para Macau no âmbito da segurança alimentar, uma vez que é da província chinesa que o território importa a maioria dos produtos.

A ideia de Tam Vai Man foi defendida, esta manhã, na abertura da palestra sobre cooperação e intercâmbio dos especialistas de Macau e Guangdong na área da segurança alimentar. O objectivo do seminário é o reforco do diálogo e cooperação entre as partes, sobretudo, no âmbito dos incidentes de seguranca alimentar.

Entre os oradores do seminário, contam-se o director do Centro de Controlo de Doenças da província de Guangdong e o subdirector da Academia de Medicina Tradicional Chinesa da Universidade de Macau.

O Governo de Macau iniciou recentemente a auscultação pública do texto de revisão da lei da segurança alimentar, estando, ainda, prevista a criação, no próximo ano, de um centro de segurança alimentar.