Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

FP: Coutinho insatisfeito com falta de incentivos
Quarta, 27/07/2016

O deputado José Pereira Coutinho saiu insatisfeito da sessão de perguntas e respostas com o Chefe do Executivo, Chui Sai On, na Assembleia Legislativa. Para o também presidente da Associação de Trabalhadores da Função Pública de Macau (ATFPM), o líder do Governo não se comprometeu com soluções para travar os baixos níveis de motivação no sector.  

 

“Não fiquei [satisfeito]. Expus dez problemas, enviados através da Assembleia para o Chefe do Executivo, há mais de dez dias. As respostas não estão adequadas às perguntas”, comentou.

 

“Se quisermos ter serviços de qualidade para os cidadãos de Macau, isso passa por uma melhor gestão interna dos serviços públicos”, acrescentou Pereira Coutinho, que denuncia o “mais baixo” nível de motivação entre os trabalhadores, desde 1999.

 

Esta realidade, argumenta, é visível através dos pedidos de reforma antecipada. Em alguns casos, o Executivo acaba por desperdiçar recursos, uma vez que os funcionários acabam por passar para o sector privado.

 

Pereira Coutinho dá o exemplo da Polícia Judiciária. “O Governo investiu um balúrdio na formação de quadros”, que viajaram até ao estrangeiro, para receberem treino em detecção de moeda falsa, crimes de droga e tráfico humano.

 

“São quadros válidos, mas não vejo que o Governo – por um mero contrato de trabalho – consiga segurá-los muito tempo. As seis concessionárias de jogo precisam de pessoal altamente qualificado nas suas estruturas. Quase 100 por cento destes trabalhadores que se aposentam têm, imediatamente, colocação [nestas empresas]”, explicou o deputado.