Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (segunda-feira)
Segunda, 25/07/2016

A imprensa portuguesa reporta-se ao encerramento do antigo hotel New Century, na Taipa, às transferências ilegais com os cartões da Union Pay que ascendem já a cerca de dois mil milhões de patacas e ainda ás casas, em Macau, que encareceram 14 vezes desde a criação da RAEM.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun diz, em manchete, que o Governo admite vetar a entrada dos croupiers nos casinos durante as folgas.

 

Já o Va Kio puxa para a primeira página as declarações de Paulo Martins Chan, da Inspecção de Jogos, a defender mudanças na lei do jogo para regular as mesas de jogo electrónicas.

 

Canal chinês da Rádio Macau

O Ou Mun Tin Toi tem estado, ao longo da manhã, a entregar o destaque às declarações de Paulo Martins Chan que, ontem, no Fórum Macau da TDM se referiu às receitas do jogo que têm vindo a subir e ainda às mexidas na lei para regular as mesas de jogo electrónicas.

 

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

O Hoje Macau publica fotografia de quase página inteira sobre o encerramento do antigo hotel New Century, na Taipa, renomeado Hotel Palácio Imperial Beijing. “Golpe no Palácio”, diz o jornal. Há também uma entrevista a Lúcia Lemos, da Creative Macau.

 

O Ponto Final fala, em manchete, das transferências ilegais da Union Pay, “Quando a União não faz a força”. Outro título refere-se à reeleição de Scott Chiang para a presidência da Associação Novo Macau.

 

“Casas encareceram 14 vezes na era da RAEM”, é a manchete do Jornal Tribuna de Macau que também publica fotografia do encerramento do antigo hotel New Century.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

A manchete do Macau Daily Times refere-se à Union Pay. “Mais de dois mil milhões de patacas em trasacções ilegais”. Em grande destaque, com foto, “Trabalhadores filipinos lutam por manter unidas as famílias em Macau”.

 

No Macau Post Independent, as declarações de Alexis Tam: “Encerramento do hotel não vai afectar a imagem de Macau”, em referência ao hotel Beijing Imperial Palace. O jornal publica ainda uma fotografia das inundações em Xian.

 

No Business Daily, a manchete refere-se ao encerramento da Siam Air. “Siam Air fecha portas”. Em entrevista, Afonso Chan diz que oito anos, no Fórum Macau, lhe ensinaram o valor da língua portuguesa.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post publica foto na primeira página com a manchete: “G20 ensaia reforma económica”. Na primeira surge ainda uma referência à falhada reforma médica, em Hong Kong.

 

O China Daily diz que há quatro funcionários do governo de Hebei suspensos depois das inundações na região. Em grande destaque surge uma reportagem com estudantes chineses de topo a estudar no estrangeiro.

 

O The Standard surge com publicidade na primeira página e com uma entrevista ao empresário Mark Brown, na página dois.