Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Menos pedidos de subsídio complementar aos rendimentos
Segunda, 11/07/2016

Entre Janeiro e Março registaram-se 386 requerimentos de subsídio complementar aos rendimentos de trabalho, contra os 1261 registados no mesmo período do ano passado. Trata-se de uma queda anual de 69,3 por cento, segundo os dados dos Serviços de Finanças, citados pela Agência Lusa.

 

Do total de pedidos, 366 foram aprovados, dois rejeitados e 17 encontravam-se em fase de apreciação.

 

Com a redução do número de pedidos, houve também uma diminuição do montante atribuído: 2,59 milhões de patacas no primeiro trimestre contra os 6,09 milhões de patacas atribuídos nos primeiros três meses do ano passado.

 

O subsídio complementar aos rendimentos do trabalho foi uma medida provisória lançada em 2008 para apoiar os residentes permanentes, com rendimentos mensais inferiores a cinco mil patacas.

 

Em termos da distribuição por sector de actividade, os dados referentes ao primeiro trimestre revelam que a indústria abarcou 66 por cento do montante total do subsídio.