Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (sexta-feira)
Sexta, 01/07/2016

O acidente que fez sete feridos ontem na Ponte Nobre de Carvalho e o ambiente de investimento pela China e por Guiné-Bissau são alguns dos principais títulos na imprensa local de hoje. 

 

Jornais de Macau em língua chinesa

Sete feridos, dois em estado grave, diz o Ou Mun na manchete de hoje. O balanço do acidente de ontem, na Ponte Nobre de Carvalho, que envolveu um táxi e um autocarro, tem grande destaque na primeira página do jornal. Os dois veículos chocaram de frente.

 

O taxista, diz o Va Kio no título principal, é um dos dois feridos em estado crítico. O homem, de 56 anos, continua internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Centro Hospitalar Conde de São Januário, juntamente com uma mulher. No segundo título, um caso de polícia: A Judiciária deteve um estudante do ensino secundário, investigado por violação.

 

Ou Mun Tin Toi

No canal chinês da Rádio Macau, mais uma notícia sobre o trânsito. A partir de hoje, o corredor exclusivo para autocarros entre a Barra e a Doca Lamau funciona todos os dias, às horas de ponta. Até aqui, era apenas aos fins-de-semana.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

O Hoje Macau escreve, em manchete, “Os Amos da terra” para  dar conta de uma “proposta de alteração à Lei de Terras, entregue pelo deputado nomeado Gabriel Tong”. O diploma já está na Assembleia Legislativa. “Em causa está a suspensão ou o prolongamento do prazo de concessão de terrenos”. Destaque ainda para o “assalto” no estádio, referência ao projecto de habitação pública previsto para a zona do complexo olímpico.

 

Este tema também está no Jornal Tribuna de Macau. “Desvirtuar” Complexo Olímpico é “barbaridade”, diz Manuel Silvério. O antigo presidente do Instituto do Desporto enviou cartas aos secretários Raimundo do Rosário e Alexis Tam “contestando fortemente” o projecto por entender que a “estrutura irá ser desvirtuada”. No destaque fotográfico, o acidente na ponte Nobre de Carvalho que provocou sete feridos.

 

O Ponto Final faz manchete com o património: “Diálogo ineficaz, desconfiança em alta”. O título ilustra as conclusões de uma jovem investigadora do território, que defende que os mecanismos utilizados pelo Governo para ouvir a população são pouco eficazes. O jornal publica ainda uma entrevista a João Melo – o rosto da banda Fúria do Açúcar, que escolheu Macau para viver.

 

O Clarim também publica hoje uma entrevista ao Presidente do Club Lusitano de Hong Kong. “Queremos reforçar as relações com a comunidade lusa de Macau”, diz Patrick Rozario. O semanário católico coloca ainda na primeira página José Luís de Sales Marques, que está “disponível para continuar” na presidência do Conselho das Comunidades Macaenses. As eleições estão marcadas para 28 de Novembro, durante a 6ª edição do Encontro das Comunidades Macaenses.

 

 “Fuga da China”, é a manchete do Plataforma.“O pessimismo está em máximos históricos e empresas europeias retiram-se da China. A Câmara de Comércio da União Europeia fala em ‘clima hostil’, com abrandamento económico e recuo nas reformas prometidas por Pequim”. Mas há uma excepção: Guangdong, “onde o ambiente de negócios é mais favorável”, escreve o semanário bilingue. Outro destaque: o festival de teatro BOK, que “valoriza o que é alternativo”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Business Daily aponta num mapa a localização da Guiné-Bissau. É um país que “oferece oportunidades de investimento” e, por isso, as companhias estatais chinesas estão a convidar os empresários de Macau para estabelecerem e facilitarem os negócios. Construção de infra-estruturas, indústria do caju e recursos naturais são as áreas no topo da lista.

 

O Macau Daily Times faz manchete com os atrasos nos serviços de ferry. O jornal avança que, em Junho, pelo menos 7 casos estão relacionados com lixo presente nas águas e que é sugado pelos motores das embarcações. A Direcção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água diz que “este tipo de incidentes acontece de vez em quando”.

 

No Macau Post Daily, as movimentações de Pequim em Macau. O jornal titula, em manchete, que  “Pequim nomeia Wang Zhiming para dirigir o Gabinete de Ligação do Governo Central em Macau”. Li Gang terminou ontem funções e vai ser promovido para outro cargo, “tão importante, ou mais importante ainda”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

No South China Morning Post, sai o aviso: “Os extremistas vão sair de cena com o amadurecimento da cidade” diz Wang Guangya, director do Gabinete de Hong Kong e Macau do Conselho de Estado. Na principal imagem de capa, o tom é também de alerta. O Presidente eleito das Filipinas, Rodrigo Duterte, prestou ontem juramento no Tribunal Supremo e anunciou uma linha dura contra o crime e a corrupção.

 

No China Daily, a tomada de posse do Presidente Duterta é também a grande fotografia na primeira página. O acontecimento é visto do lado da China: Xi Jinping escreve a Duterte, dá-lhes os parabéns pela vitória eleitoral e manifesta interesse em reforçar as relações com Manila.

 

O Standard não se publica hoje por ser feriado em Hong Kong.