Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Novo hospital público nem em 2019 fica pronto
Quarta, 29/06/2016

Raimundo do Rosário desfaz as poucas dúvidas que pudessem existir. O Complexo de Cuidados de Saúde das Ilhas, a grande promessa eleitoral de Chui Sai On, não vai estar pronto dentro do mandato do Chefe do Executivo, que termina em 2019. Esta é a única certeza que o secretário para os Transportes e Obras Públicas tem sobre o projecto: o governante diz que não se compromete nem com datas, nem com orçamentos.

 

O projecto depende da aprovação de dez entidades públicas, que têm levantado problemas. Foram já feitas várias alterações ao design do novo hospital e podem vir a ser pedidas ainda mais. É este circuito que está a atrasar a obra. “A experiência recente revela que nós recebemos os pareceres e temos de rectificar o projecto. E estamos a rectificar duas e três vezes. Também é difícil controlar o tempo porque depende do conteúdo desses pareceres – podem implicar mais ou menos rectificações. Deste ponto de vista, não é possível dizer, neste momento, quando é que o projecto fica pronto. Por conseguinte, não posso dizer quando a obra fica pronta”, diz Raimundo do Rosário.

 

O secretário nega que a questão seja burocrática: “É a dificuldade do próprio projecto. Isto não é um projecto de habitação; não é um edifício simples. É um conjunto de edifícios muito complicados e, portanto, levam o seu tempo”.

 

Raimundo do Rosário falava à saída de uma reunião com a comissão da Assembleia Legislativa que está acompanhar o projecto.