Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Wong Sio Chak quer tolerância zero para corrupção
Sábado, 25/06/2016

O secretário para a Segurança, Wong Sio Chak, promete tolerância zero para eventuais casos de corrupção nas Forças de Segurança, dizendo que “não podemos aceitar qualquer tipo de crime no seio da equipa policial”.

 

Quanto ao caso da antiga responsável pelos Serviços de Alfândega, considera que as autoridades cumpriram as regras e que “não há qualquer vestígio para alterar” a causa da morte (suicídio).

 

“A PJ faz todos os dias este tipo de divulgação, quer seja suicídio ou não. Se for o caso de suicídio, a sua causa será investigada. Para outros casos de morte, se o caso for suspeito, ou a sua causa for suspeita, é preciso uma investigação profunda. Na realidade a PJ faz isso todos os dias, a divulgação é sempre feita depois de uma ou duas horas. Por isso não estou a ver qualquer diferença entre este e outros casos”, disse.

 

A Polícia Judiciária, acrescentou, “tem um mecanismo estabelecido para fazer investigação deste tipo de casos. A experiência do pessoal também é suficiente. O resultado da investigação foi confirmado pelo Ministério Público. Por isso, não estou a ver qualquer coisa suspeita ou não razoável”.

 

A entrevista com Wong Sio Chak foi transmitida ao meio dia na Rádio Macau e será repetida na segunda-feira às 10,30 horas e pode ser também ouvida na página da internet da TDM.