Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

UM cai 10 posições no “ranking” das universidades asiáticas
Terça, 21/06/2016

A Universidade de Macau desceu 10 posições no “ranking” das 100 melhores universidades asiáticas, segundo a avaliação da publicação Times Higher Education.

 

Na lista, publicada hoje, a instituição pública de ensino superior ocupa a posição número 50, quando, no ano passado, a primeira vez em que apareceu nesta lista, a Universidade de Macau se situava na posição 40.

 

O sistema de classificação da Times Higher Education, que se publica desde 2013, analisa indicadores relacionados com o ensino, a investigação, o número de citações em artigos académicos, a perspectiva internacional e a transferência de conhecimento.

 

Segundo a avaliação, a única descida no desempenho da Universidade de Macau verificou-se no número de citações, ou seja, na influência exercida pela investigação da instituição – em 2015 tinha conseguido 68.1 pontos e este ano esse número baixou para 49.7.

 

Todos os restantes quatro indicadores apresentaram melhorias, tendo a maior sido relativa à perspectiva internacional, ou seja, ao perfil de funcionários, corpo de estudantes e investigação, que subiu de 73.3 para 98.4 pontos.

 

Pela primeira vez, Singapura tem as duas melhores universidades asiáticas, enquanto a Universidade de Hong Kong caiu para o quarto lugar, depois de no ano passado ter ocupado a terceira posição.