Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 13/06/2016

Um acidente aparatoso na Doca do Lam Mau, os novos regulamentos para capacetes e, ainda, as comemorações do 10 de Junho em Macau são alguns dos destaques da imprensa de hoje.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

Na primeira página do jornal Ou Mun e do jornal Va Kio está em grande plano o acidente que aconteceu ontem na zona do Lam Mau. Um carro onde seguiam três pessoas despistou-se sozinho, embateu contra um passeio e capotou, acabando por se incendiar. Um acidente aparatoso do qual resultaram apenas ferimentos para as pessoas que seguiam no veículo. O condutor acabaria por ser detido porque estava sob o efeito do álcool.

 

Ou Mun Tin Toi

No Canal Chinês da Rádio Macau está em foco o regulamento mais exigente para capacetes. Até aqui havia apenas orientações em relação às regras de segurança que os capacetes deveriam respeitar. A partir de agora estas regras vão tornar-se obrigatórias. O regulamento é publicado hoje em boletim oficial mas só entra em vigor no prazo de um ano.

 

Jornais de Macau em Língua Portuguesa

“Casa de Macau em Portugal distinguida” é a manchete do jornal Ponto Final. O jornal conta que, no ano em que assinala meio século, a instituição vai ser distinguida com o Prémio Identidade do Instituto Internacional de Macau. O jornal dá conta também das garantias do Instituto de Acção Social em relação ao pagamento das verbas para a Associação para a Promoção do Desenvolvimento Infantil.

 

No Jornal Tribuna de Macau são as comemorações do 10 de Junho que estão em grande destaque. “Emoções fortes no Dia de Portugal”, lê-se, com uma imagem de fundo do Chefe do Executivo, do Cônsul-geral de Portugal na RAEM e do Secretário de Estado da Administração Interna do Governo Português, para além de outros secretários do Governo de Macau. Em entrevista ao jornal, o director da Alliance Française diz que “Macau pode diversificar-se através do Património”.

 

A actual situação dos designers de Macau está em grande plano na primeira página do Hoje Macau. O jornal falou com alunos finalistas e professores da área que enaltecem a aposta do Governo nas indústrias criativas mas que destacam que há ainda muito a fazer. “Comunidade insubstituível” é o título na primeira dedicado às comemorações do Dia de Portugal na RAEM.

 

Jornais de Macau em Língua Inglesa

O protesto dos moradores do Pearl Horizon tem honras de manchete no jornal Macau Post Daily. Centenas de proprietários desfilaram ontem desde a zona da Areia Preta até ao Gabinete de Ligação do Governo Central no Zape. A petição que entregaram defende conversações tripartidas entre o Governo Local, responsáveis do Governo Central e os proprietários para resolver o impasse em torno do projecto.

 

O Macau Daily Times faz manchete com o massacre num clube nocturno na Flórida que vitimou mais de 50 pessoas. Os atentados já foram entretanto reivindicados pelo Estado Islâmico.  Noutro destaque de primeira, o jornal entrevista a terceira classificada do concurso de debates em língua inglesa entre os estudantes do Ensino Superior. Wong Kai Kei, estudante da Universidade de Macau, diz que os jovens de Macau não estão tão expostos à língua inglesa quanto os jovens de Hong Kong.

 

Os planos de Window Lei para a Rua do Campo estão em foco no jornal Business Daily. O empreendedor local pretende abrir um centro comercial dedicado em exclusivo às indústrias criativas no edíficio “Broadway Centre”, na Rua do campo. O centro comercial tem cerca de cem lojas  e estúdios e a administração pretende que no lançamento metade dos espaços comerciais estejam ocupados.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

Na fotografia de primeira do China Daily, Angela Merkel e Li Keqiang posam junto ao Palácio de Verão em Pequim. A chanceler alemã está a cumprir a nona visita ao país. O jornal oficial conta que Pequim quer fortalecer as relações com a Alemanha.

 

No South China Morning Post, Taipé rejeita pedido do antigo presidente Ma Ying-jeou para visitar Hong Kong. Ma Ying-jeou pretendia visitar Hong Kong para participar num jantar da Sociedade de Editores na Ásia. As autoridades de Taiwan alegam vários motivos para rejeitar o pedido de autorização, entre os quais o facto de o pedido ter sido feito muito em cima do acontecimento.

 

No Standard estão em grande destaque as explosões no aeroporto de Shanghai. Do incidente resultaram quatro feridos. Um homem atirou os explosivos artesanais em direcção a um balcão de check-in e de seguida tentou suicidar-se com uma faca. Está actualmente em estado crítico no hospital.