Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Violência doméstica: Grupos “agradecem” lei ao Governo
Domingo, 05/06/2016

O Centro Bom Pastor e outros grupos ligados à defesa dos direitos das mulheres promoveram esta tarde uma marcha que mobilizou cerca de 70 pessoas. Juliana Devoy, directora do Centro Bom Pastor, classifica a iniciativa como um “gesto simbólico de agradecimento” ao Governo pela lei que foi aprovada e que tornou a violência doméstica num crime público.

 

A marcha partiu do Hotel Royal em direcção à sede do Governo. Lá foi entregue uma carta dirigida ao Chefe do Executivo onde os diversos grupos agradecem a Chui Sai On o resultado final da lei. Depois de muitos avanços e retrocessos, Juliana Devoy não tem dúvidas em classificar a aprovação da nova lei “como um marco” para a sociedade de Macau.

 

“Sentimos que devíamos expressar a nossa gratidao ao Governo. Acho que é algo de importante. Nós clamámos por justiça mas em justiça também devemos dar crédito ao Governo pelo trabalho que fez. Assisti a mudanças de opinião e à disponibilidade do Governo para ouvir. Gostaria de reconhecer essa atitude dizendo às pessoas que o Governo fez algo de bom”, disse Juliana Devoy à Rádio Macau.