Em destaque

26 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.0301 patacas e 1.1139 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Sexta-feira)
Sexta, 27/05/2016

A instalação de salas de fumo nas zonas VIP dos casinos e o crescente número de processos que se acumulam nos tribunais são alguns dos assuntos em destaque na imprensa de hoje. 

 

Jornais de Macau em Língua Chinesa

O apelo dos deputados da Assembleia Legislativa para a instalação de salas de fumo nas zonas VIP dos casinos está em destaque no jornal Ou Mun. Ontem, na 2ª Comissão Permanente da Assembleia Legislativa, a maioria dos deputados defendeu a instalação destas unidades, desde que a exposição ao fumo passivo seja limitada.

 

No Va Kio está em grande plano a reunião dos Serviços de Alfândega de Macau e da China. Na agenda da reunião o aprofundamento da cooperação em diversas áreas: o desenvolvimento da zona de comércio livre da Ilha da Montanha e a ponte de Hong Kong, Macau e Zhuhai.

 

Canal Chinês da Rádio Macau

A Ou Mun Tin Toi destaca a tempestade tropical que está a passar pela região. O sinal número um foi içado ontem à noite. A depressão tropical encontra-se a 200 quilómetros de Macau mas deverá aproximar-se durante a tarde. Os Serviços Meteorológicos admitem que durante tarde possa ser içado o sinal 3.

 

Jornais de Macau em Língua Portuguesa

O Jornal Ponto Final faz manchete com o blogue criado pela investigadora Elisabela Larrea para divulgar a cultura macaense. “Bela Maquista” é o nome do blogue onde, todas as semanas, é apresentada uma palavra nova em patuá com tradução trilingue. A investigadora diz que é uma forma de estender a língua crioula a todas as comunidades de Macau.

 

“Tribunais já têm 13 mil processos pendentes” é a manchete do Jornal Tribuna de Macau. O número representa um aumento de 422 processos nos últimos quatro meses. Advogados ouvidos pelo jornal consideram o abrandamento da economia é um dos motivos que está a originar um maior volume de processos.

 

“Impactos de encomenda” é a manchete do jornal Hoje Macau. Em causa o facto da Direcção dos Serviços de Protecção Ambiental apenas ter dado pareceres técnicos a 70 projectos desde a sua criação em 2009. Apesar do disposto na lei, o organismo tem-se escusado a realizar relatórios de impacto ambiental de construção e argumenta que esse trabalho deve ser feito pelas entidades responsáveis pelas obras.  

 

O jornal O Clarim vira atenções para a “crise que ameaça o mundo”: o arrefecimento da economia chinesa e a situação da banca paralela no país são alguns dos problemas que estão a preocupar o mundo. Em entrevista ao jornal, o professor universitário José Manuel Simões alerta para a sangria de pessoas qualificadas em Macau.

 

Na Plataforma a primeira página está a preto e branco. “Ar de luto”, refere o jornal, alertando para o aumento nos níveis de poluição atmosférica. O presidente da Associação  dos Arquitectos defende que a prioridade passa pela aposta nos transportes verdes.

 

Jornais de Macau em Língua Inglesa

A questão da capacidade de acolhimento de turistas em Macau é o tema de primeira página do jornal Business Daily. Em declarações ao jornal, o director do Centro de Investigação Turística do Instituto de Formação Turística defende que os três factores fundamentais que vão determinar a capacidade de acolhimento de Macau serão a qualidade de serviço disponível, a satisfação de turistas e a tolerância dos residentes.

 

“Sete de nove deputados apoia salas de fumo nos casinos”, é a manchete do Macau Post Daily, citando as declarações do deputado Chan Chak Mo, na 2ª Comissão Permanente da Assembleia Legislativa. A lei do tabaco regressou à agenda dos deputados quase um ano depois da consulta pública feita às operadoras de jogo.

 

O Macau Daily Times diz que a maternidade tardia está a crescer em Macau e Hong Kong, uma fenómeno que resulta em parte dos casamentos estarem, também, a acontecer cada vez mais tarde. O jornal destaca ainda a viagem do presidente da Anima, Albano Martins, até Irlanda onde se vai encontrar com o ministro Irlandês da Agricultura.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

No China Daily e no South China Morning Post está em foco a reunião dos líderes do G7 no Japão. “G7 planeia sinal claro sobre conflitos marítimos”, é a manchete do South China Morning Post. A China, por seu turno, avisa que o G7 tem quem adoptar uma posição justa que evite o exacerbar dos conflitos na região, é o que refere o China Daily.

 

Nesta cimeira, acrescenta o South China Morning Post, o primeiro-ministro Japonês defendeu também medidas mais vigorosas para reanimar a economia mundial. Shinzo Abe considera que a economia mundial corre os mesmos riscos que em 2008, ano em que eclodiu a crise financeira global.

 

O Standard noticia a condenação do activista Kevin Tsang por agressão a um polícia durante os protestos do Occupy Central em 2014. O activista de 40 anos poderá vir a enfrentar uma pena até aos dois anos de prisão.