Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Neto Valente: “Deviam trabalhar mais para servir a justiça”
Terça, 24/05/2016

Mais trabalho ao serviço da justica e menos comunicados é a recomendação de Jorge Neto Valente para o Conselho dos Magistrados Judiciais, depois do órgão judicial ter acusado o presidente da Associação dos Advogados de declarações “completamente contrárias à verdade” sobre o processo de avaliações aos juízes.

 

“Lamento que percam tanto tempo a fazer comunicados. Acho que deviam dedicar-se mais ao trabalho de servir a justiça e trabalhar para a justiça. Só faltou dizer que acabaram os atrasos e que os processos estão todos em dia e que os tribunais trabalham muito rapidamente. Façam um comunicado sobre isso. Seria interessante explicar à sociedade porque é que os processos estão atrasadíssimos. Cada vez é maior o atraso”, afirmou Neto Valente, em declarações à Rádio Macau.

 

O presidente da Associação dos Advogados manteve as criticas à ausência de avaliação dos juízes. Uma lacuna que está a nivelar o sistema de justica por baixo, aponta.

 

“A sociedade da qual eu faço parte, e não tiro nem uma letra, não compreende como é que não se distinguem os juízes. Mercê de um processo que é sigiloso nunca se sabe quais os resultados das inspecções. Sabe-se que há inspecções e os resultados onde estão? São todos maus ou são todos bons? Eu não sei quais são os resultados e gostava de saber. Isto faz com que sejam todos nivelados por baixo e é isso que é mau e desacredita o sistema judicial”, disse Neto Valente.