Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 23/05/2016

A situação de ruptura no aterro de resíduos industriais junto ao Aeroporto e a aprovação da nova lei contra a violência doméstica são os principais destaques na imprensa de Macau.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O jornal Ou Mun dá grande destaque ao aterro de resíduos industriais junto ao aeroporto de Macau que chegou ao limite da sua capacidade. O Governo tem planos para exportar lixo para a China Continental mas isso vai levar pelo menos três anos.

 

No Va Kio a notícia que domina a primeira página é a iniciativa do clube dos Rotários de Macau na Escola de São Paulo. Numa iniciativa dedicada às famílias com pessoas deficientes os responsáveis dos Rotários pediram mais medidas para promover uma maior integração dos deficientes na sociedade de Macau. 

 

Canal em chinês da Rádio Macau

Na Ou Mun Tin Toi, esta manhã, dá-se conta dos aumentos de 3 por cento na pensão para idosos, aumento que entra em vigor em Julho. No mesmo mês vão também aumentar os valores do subsídio de desemprego e da licença de maternidade e de casamento.

 

Jornais de Macau em Língua Portuguesa

“Universidade de São José: Alunos da EPM com via aberta” é a manchete do jornal Ponto Final, que dá conta que a partir do próximo ano lectivo os finalistas da Escola Portuguesa de Macau que queiram frequentar a Universidade de São José ficam isentos da realização de exames e do pagamento da taxa de inscrição.

 

“Crime e Castigo” é o grande destaque na primeira página do Hoje Macau. O jornal lembra que depois de muita análise e acesa polémica, a Lei de Combate e Prevenção à Violência Doméstica foi finalmente aprovada. O diploma deverá entrar em vigor em meados de Setembro.

 

No Jornal Tribuna de Macau também está em destaque o novo diploma contra a violência doméstica. “Três anos para reavaliar violência doméstica”, é a manchete com o jornal a referir que durante a aprovação do diploma alguns deputados levantaram questões quanto à protecção da identidade dos agressores.

 

Jornais de Macau em Língua Inglesa

O jornal Business Daily refere que o sector da hotelaria dá sinais de recuperação: as taxas médias de ocupação e as tarifas dos quartos estão a subir. No sector do jogo, o jornal dá conta que a Sociedade de Jogos de Macau quer 500 mesas de jogo no Grand Lisboa Palace, o novo empreendimento da empresa que vai abrir no Cotai.

 

“Lei da violência doméstica ainda pode ser melhorada”, é a manchete do Macau Post Daily que faz eco da posição da Coligação Anti-Violência Doméstica em relação à aprovação da nova legislação, que aconteceu na passada sexta-feira.

 

“Violência Doméstica torna-se crime público” é a manchete do Macau Daily Times. A imagem de primeira página é dedicada à tomada de posse da nova presidente de Taiwan, Tsai Ing-Wen. Na tomada de posse uma actuação recriou o massacre de intelectuais da Formosa, em 1947.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O China Daily, o jornal oficial chinês, destaca na manchete os meios que estão a ser preparados pela China para as Ilhas de Nansha. O país vai produzir novos navios para patrulhar a zona. Segundo o China Daily, tratam-se de embarcações equipadas com drones e robôs destinadas a auxiliar barcos de pesca que se encontrem em dificuldades. Este arquipélago, também conhecido como as Ilhas Spratley está a ser disputado por vários países.

 

No South China Morning Post refere-se que a Universidade Baptista pode ter violado as regras de segurança na construção dos chamados telhados verdes. A notícia surge depois do colapso de uma estrutura semelhante na Universidade Cidade de Hong Kong, na passada sexta-feira. O incidente provocou três feridos. 

 

No jornal The Standard está em destaque o mesmo o assunto. A universidade Cidade de Hong Kong garante que a construção do telhado verde sobre o pavilhão gimnodesportivo foi autorizada por um fiscal de obras credenciado.