Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Precaridade da nova geração de portugueses merece “resposta”
Sábado, 14/05/2016

Apostar na centralidade da língua portuguesa e dar maior atenção à precaridade que afecta uma parte da nova geração de emigrantes portugueses em Macau são algumas das prioridades que saíram de encontros da secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, com militantes socialistas de Macau.

 

“Nestes quatro anos e meio Macau recebeu muitos jovens que saíram de Portugal fruto da crise e que hoje enfrentam algumas situações de precaridade a que é preciso dar resposta e aí estaremos todos empenhados e o Partido Socialista em particular”, afirmou Ana Catarina Mendes, num encontro com jornalistas.

 

Na passagem por Macau, a número dois de António Costa no PS, falou também sobre a situação política em Portugal. Ana Catarina Mendes diz acreditar que o Governo PS, com o apoio do Bloco de Esquerda e do PCP, vai mesmo durar os quatro anos da legislatura.

 

“Creio que hoje se vive em Portugal um ambiente de desanuviamento e de pouca crispação política. E portanto estou absolutamente confiante nos próximos quatro anos de legislatura em Portugal porque estou convencida no final destes quatro anos termos um Portugal mais coeso e desenvolvido”, acrescentou.

 

Depois da passagem por Macau, Ana Catarina Mendes estará terça e quarta-feira em Pequim para participar num Fórum organizado pelo Partido Comunista Chinês que reúne representantes de partidos políticos europeus com relações com a China.