Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Macau quer mais turistas via comboios rápidos da China
Sexta, 13/05/2016

A Direcção dos Serviços de Turismo (DST), em colaboração com as autoridades de Zhongshan e Zhuhai, quer aproveitar a rede ferroviária de alta velocidade da China para atrair mais visitantes. Em Nanning e Guilin, na província de Guangxi, os responsáveis das três cidades participaram numa acção de promoção “multi-destino”, que decorreu entre quarta-feira e ontem.

 

A iniciativa juntou representantes da indústria turística de Macau, Zhongshan e Zhuhai, “incluindo 15 representantes de agências de viagem, hotéis e transportadoras marítimas, entre outros”. A acção teve como objectivo apresentar os “recursos e produtos turísticos”.

 

“A oportunidade serviu também para a realização de intercâmbio e bolsas de contactos com os operadores de Nanning e Guilin, e promoção de itinerários multi-destinos dos três locais”, nota a DST, em comunicado.

 

“Dada a conveniência em viajar trazida pela linha ferroviária de alta velocidade, as autoridades do turismo de Zhongshan, Zhuhai e Macau prosseguem com a realização de iniciativas promocionais conjuntas, para atrair visitantes das cidades ao longo da rede e das regiões vizinhas”, lê-se ainda no documento, divulgado através do Gabinete de Comunicação Social do Governo.

 

Em 2006, as autoridades do turismo das três cidades assinaram o Memorando de Cooperação Turística Zhongshan, Zhuhai e Macau.