Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Dia da Europa: Alunos da EPM lembram crise dos refugiados
Segunda, 09/05/2016

A Escola Portuguesa de Macau (EPM) organizou um concurso de escrita criativa, em parceria com o Programa Académico da União Europeia para Macau, para assinalar o Dia da Europa. A crise dos refugiados esteve em destaque nos três textos premiados.

 

Uma carta a pedir mais solidariedade à União Europeia, o retrato de uma família obrigada a sair da Síria e um apelo a mais acção e menos retórica política foram formas de assinalar um dos desafios europeus mais mediáticos, nos últimos tempos. “Estão na agenda da comunicação social, na narrativa que é produzida diariamente. Mas cumpre também analisar que todos os textos que ouvimos salientaram os pontos positivos da União Europeia e a importância da União Europeia nos direitos humanos e na construção de solidariedade entre estados-membros”, notou o gestor executivo do Programa Académico da União Europeia para Macau, Rui Flores.

 

A União Europeia é um bloco regional distante, em termos geográficos, mas próximo, do ponto de vista cultural, para os estudantes da EPM. Rui Flores acredita que iniciativas semelhantes ao concurso de escrita criativa promovem a construção de uma cidadania comum e europeísta.

 

“É um pequeno contributo da nossa parte para essa reflexão. Digamos que, quando as pessoas são confrontadas com “o que somos, por onde vamos, o que nos junta?”, estão de certa forma a exercer e compreender essa cidadania europeia”, explicou o responsável.

 

O concurso de escrita criativa juntou 55 alunos da EPM. Para o presidente da direcção da instituição, Manuel Machado, a iniciativa tem um duplo objectivo.

 

Por um lado, os estudantes foram “além daquilo que lhes é exigido nos conteúdos programáticos e perceberam melhor a realidade da Europa”. Por outro lado, o projecto juntou a EPM a instituições de ensino superior, como a Universidade de Macau e o Instituto de Estudos Europeus de Macau.

 

Esta foi a primeira vez que o Programa Académico da União Europeia para Macau organizou uma iniciativa deste género. No ano passado, o Dia da Europa foi assinalado com uma palestra.