Em destaque

26 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.0301 patacas e 1.1139 dólares norte-americanos.

Fundação Macau justifica doação à universidade da China
Sábado, 07/05/2016

A Fundação Macau veio hoje, em comunicado, dar explicações sobre o financiamento de 123 milhões de patacas à Universidade de Jinan para a construção de novas instalações universitárias.

 

A Fundação Macau começa por lembrar que “tem prestado, duma forma adequada, apoio financeiro às zonas menos desenvolvidas do Interior da China” e “mantido uma estreita cooperação com as universidades chinesas de renome”. Práticas que são para manter no futuro.

 

Sobre a doação à Universidade de Jinan em particular, a Fundação Macau sublinha que a instituição chinesa “já formou cerca de 20 mil alunos de Macau”. Até Novembro do ano passado acolhia cerca de dois mil estudantes de Macau - 33,7 por cento do total dos alunos de Macau no ensino superior do Interior da China.

 

É ainda sublinhado a cooperação da Universidade de Jinan com instituições de Macau.

 

“Tanto a Universidade de Jinan, como a Fundação Macau, são ambas instituições públicas que prosseguem o interesse público, pelo que nunca pode dizer que existe a chamada ‘transferência de interesses’” lê-se ainda no comunicado. A Fundação entende que ainda que “o apoio à Universidade de Jinan traduz, ao fim e ao cabo, um investimento de longo prazo na formação de quadros locais, o que vai beneficiar finalmente Macau”.

 

“Quanto à legalidade dos procedimentos, embora tendo a prioridade as entidades locais na concessão de subsídios da Fundação Macau, nada impede à Fundação Macau conceder subsídios a entidades do exterior que requeiram financiamento a projectos que beneficiem o desenvolvimento de Macau”, acrescenta a Fundação Macau neste comunicado.

 

A terminar, lê-se que “em 2015, o financiamento da Fundação Macau à construção e ao aperfeiçoamento das infraestruturas dos ensinos básico e superior de Macau totalizou mais de 1500 milhões de patacas, o que justifica que o subsídio concedido à Universidade de Jinan nada afecta, de forma negativa, o apoio contínuo da Fundação a actividades dos residentes, associações ou instituições de Macau”.