Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Exportação de galgos para Macau é "brutal sentença de morte"
Quinta, 05/05/2016

Na Irlanda, há uma associação de defesa dos direitos dos animais que está a pedir ao Governo irlandês para proibir a exportação de galgos para Macau.

 

Ontem, em Dublin, a Aliança para os Direitos dos Animais organizou uma manifestação em frente ao Ministério da Agricultura. Algumas dezenas de manifestantes pediram ao Governo Irlandês para proibir a exportação de galgos para o canídromo de Macau.

 

“Estou aqui para apoiar a interdição da exportação de galgos para Macau e para a China, que representa uma brutal sentença de morte para os cães. Correm e competem até morrer. O canídromo de Macau tem péssimas condições e os cães lesionam-se frequentemente antes de morrerem. Não há qualquer legislação para a protecção dos animais em vigor em Macau e o Governo Irlandês também está a sacudir responsabilidades. Esperemos que as companhias aéreas possam rejeitar transportar os cães”, afirmou a actriz irlandesa Pauline Mclynn, uma das manifestantes, em declarações ao Irish Times.