Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Albano Martins: Responsáveis do canídromo revelam “cobardia”
Terça, 03/05/2016

Em conferência de imprensa, esta tarde, o presidente da Anima, Albano Martins, acusou os responsáveis do canídromo de cobardia por não aceitarem debater o futuro do espaço.

 

“Há claramente cobardia. Eles sabem mais da indústria do que nós. Nós só falamos com os dados que eles têm. Se eles têm razão, se acham de facto que o que estamos a dizer são mentiras então mostrem que estamos errados. Porque não um debate?”, afirmou o presidente da Anima, em conferência de imprensa.

 

Com a actual concessão a terminar no final do ano, a ausência de qualquer posição por parte do Governo é para Albano Martins um sinal de que as corridas de cães vão continuar para lá de 2016.

 

“Se o fecho é uma hipótese possível não vamos deixar que venham mais animais. Essa é a lógica. Mas o Governo não diz nada. Está a dar o sinal de que no final do ano a concessão vai ser renovada. Isso enfurece-nos ainda mais”, acrescentou.