Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Receitas do sector extra jogo devem crescer até 9 por cento
Terça, 26/04/2016

Na apresentação do Plano Quinquenal de Desenvolvimento da RAEM (2016-2020), o Governo destacou a previsão de aumento do peso das receitas das actividades nao jogo de 6,6 para 9 por cento até 2020. Questionada se esta previsão não será demasiado conservadora, a assessora do Gabinete do Chefe do Executivo recusou avançar mais números, apontando apenas que é esta a opinião do sector e da população.

 

“Estes objectivos não são pensados só por uma ou dias pessoas. Ao longo da sua definição, e também de todo o plano, nós ouvimos as opiniões das associações, da população civil e ainda de profissionais dos diversos sectores. Tivemos várias reuniões de trabalho com os serviços competentes, com os operadores dos sectores e só assim é que conseguimos chegar a esta conclusão. Nós temos que congregar todos os esforços da sociedade e só depois poderemos melhor verificar se esta estimativa é ou não conservadora”, argumentou Lei Ngan Leng.

 

A diversificação económica continua no topo da agenda do Governo. Mas, de acordo com o plano, o Executivo só conseguirá concluir até 2020 os trabalhos da primeira fase de construção de um centro de turismo e lazer.

 

Na conferência de imprensa de apresentação deste plano, os jornalistas criticaram a ausência de mais dados científicos para justificar as políticas. Uma ideia refutada por Lei Ngan Leng que sublinhou até “um plano geral não precisa ter muitos indicadores concretos”. “Os peritos de elaboração de planos disseram-nos que é difícil elaborar indicadores na área de economia num plano a médio-prazo”, acrescentou.

 

Já o coordenador do Gabinete de Estudo das Políticas do Governo, Lao Pun Lap, realçou que no plano definitivo haverá mais números. A consulta pública ao Plano Quinquenal para Macau tem início hoje e prolonga-se por dois meses.