Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Turistas sul-coreanos devem aumentar dez por cento este ano
Segunda, 18/04/2016

Macau deve registar um aumento de dez por cento no número de turistas da Coreia do Sul, este ano. A previsão é da directora dos Serviços de Turismo, Helena de Senna Fernandes, que está em Seul, onde vai ser inaugurada, esta tarde, uma actividade de promoção do território.

“Este é o nosso alvo. Não estamos a apostar apenas em Seul. Também estamos a apostar em Busan, que é um importante mercado, e noutras cidades”, disse a responsável.

Em 2015, Macau foi o oitavo destino mais procurado pelos turistas sul-coreanos. No total, viajaram até ao território mais de 554 mil pessoas - uma ligeira diminuição de 0,6 por cento, em relação a 2014, devido à crise da Síndrome Respiratória do Médio Oriente, que matou 38 pessoas no país.

A actividade de promoção de Macau, em Seul, vai durar oito dias e tem lugar no COEX. Trata-se do maior centro comercial subterrâneo da Ásia.

Helena de Senna Fernandes espera que passem no espaço dedicado ao território cerca de cinco mil pessoas, por dia. Imagens em 3D de locais emblemáticas de Macau, pastéis de nata e um simulador do Grande Prémio são alguns dos trunfos para atrair a atenção dos sul-coreanos.

A comitiva de Macau é chefiada pelo secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, que tem marcado um encontro com o segundo vice-ministro da Cultura, dos Desportos e do Turismo do país. A agenda do governante conta ainda com entrevistas a um dos diários com maior circulação da Coreia do Sul, o Joongang Ilbo, e à revista Forbes.

A delegação local integra mais de 70 pessoas. Cerca de 30 são operadores turísticos locais, que vão participar em sessões com 130 empresas sul-coreanas do sector, em Seul, e 100, em Busan.