Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Turismo desaconselha viagens para Kumamoto
Domingo, 17/04/2016

O Gabinete de Gestão de Crises do Turismo (GGCT) diz que está a acompanhar com atenção o desenvolvimento da situação no Japão, depois dos sismos na região de Kumamoto. As viagens para a zona são desaconselhadas.

 

Em comunicado, o GGCT informa que informações recolhidas através da indústria turística de Macau davam conta que, até sábado à noite, 2 grupos de excursões de Macau, com cerca de 45 pessoas, estavam em Fukuoka, não havendo indicações de que a sua segurança tenha sido afectada.

 

Até à noite de sábado, o GGCT tinha recebido "seis pedidos de informação sobre a disposição de voos para acelerar o regresso para Macau e sete pedidos de informação normal".

 

A região de Kumamoto, na ilha de Kyushu, no sudoeste do Japão, tem sido, desde a noite de quinta-feira, fustigada por vários abalos. O último, na noite de sexta-feira para sábado, registou uma magnitude 7,1. O mais recente balanço, feito durante a madrugada de domingo, dava conta de pelo menos 41 mortos.