Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Comunidades Portuguesas: Coutinho rejeita presidência
Quinta, 14/04/2016

José Pereira Coutinho rejeita suceder a Fernando Gomes na liderança do Conselho das Comunidades Portuguesas. Entre os dias 26 e 28, Lisboa é palco de um encontro de três dias em que vai ser votado um novo presidente do organismo.

 

“É evidente que tanto eu como Rita Santos não temos a disponibilidade temporal para trabalhar em tantos campos e áreas. Temos eleições para a Assembleia Legislativa já no próximo ano. A prioridade das prioridades será sempre Macau. Há muitos jovens conselheiros que estão a dinamizar as actividades do Conselho das Comunidades Portuguesas. Penso que é importante rejuvenescer o conselho que tem uma média de idades bastante avançada”, refere Coutinho, reeleito conselheiro das comunidades portuguesas, em Setembro do ano passado.

 

A lista que encabeçava contava também com Rita Santos e Armando Jesus. Esta tarde, os três conselheiros eleitos pelo círculo de Macau, Hong Kong e China foram recebidos na residência do cônsul-geral português no território, Vítor Sereno.

 

À Rádio Macau, Coutinho diz que se trata de um encontro “informal” e não de trabalho. No entanto, volta a insistir que há assuntos em que são precisas mudanças na representação diplomática portuguesa no território.

 

“O grande problema continua a ser os salários baixos. E o consulado não tem recursos humanos suficientes para dar conta do recado. É uma questão que já levámos a Portugal e que fizemos chegar directamente ao secretário de Estado das Comunidades Portuguesas. Portugal está a analisar essa questão”, explica Coutinho, que uma decisão “o mais rápido possível”.