Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Poiares Maduro: Espaço Schengen tem de ser “protegido”
Sábado, 09/04/2016

O professor do Instituto Universitário Europeu, de Florença, Miguel Poiares Maduro, considera que fechar as fronteiras não resolverá o terrorismo. O também ex-ministro do anterior Governo português sublinha que os europeus têm muito a ganhar com a manutenção do Espaço Schengen.

 

“Não é através do restabelecimento de fronteiras entre os estados-membros que nós vamos resolver, desde logo, o problema do próprio terrorismo. Até porque, como se tem visto, a maior parte dos terroristas são nacionais dos próprios Estados onde as acções terroristas tiveram lugar, é o caso da Bélgica, mas foi o caso também na França. Não me refiro apenas ao atentado mais recente mas também ao anterior. O que significa que nós temos é a ganhar muito com o Espaço Schengen”, argumentou o professor de direito.

 

Miguel Poiares Maduro é, por isso, defensor do espaço europeu de livre circulação, que “tem de ser para manter”, por ser “uma das grandes conquistas” que beneficia os cidadãos. “A ideia de que podemos circular livremente no espaço europeu, e tudo o que daí resulta, em termos de capacidade de escolhermos onde viver, de trabalhar, de estudar...são conquistas fundamentais daquilo que é ser europeu hoje”, apontou.

 

Mas Miguel Poiares Maduro alerta para a necessidade de este espaço ser protegido. “Não podemos deixar de reconhecer que o Espaço Schengen está ameaçado. E é por isso que nós temos de enfrentar seriamente os desafios que temos na União Europeia, um deles é protegê-lo”, disse, no programa Rádio Macau Entrevista que é emitido ao meio-dia e repete segunda-feira às 10h30.