Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Pais satisfeitos com reforma do ensino pré-escolar, diz DSEJ
Quarta, 06/04/2016

As alterações curriculares introduzidas em Setembro no ensino infantil estão a ser bem recebidas por alunos e encarregados de educação. A avaliação é feita pela Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, que destaca que, com um programa menos exigente, as crianças gostam mais de ir à escola.

 

A principal mudança tem que ver com a aprendizagem da escrita. “Verificamos que os pais têm atitudes positivas e que apoiam o nosso projecto. As crianças não precisam de escrever no primeiro ano do ensino infantil. Mas, mesmo assim, sabem ler os caracteres chineses. Queremos que as crianças tenham uma atitude positiva na escola, que gostem da escola”, resume Kong Chi Meng, chefe da Divisão de Educação Pré-escolar e Ensino Primário.

 

As crianças, remata o responsável, “gostam de brincar” e o conselho da DSEJ para as escolas é “criarem mais actividades lúdicas porque é assim que as crianças vão aprender”. Os resultados estão à vista: “Os pais disseram que os filhos gostam de ir à escola”.

 

A educaçao nacional faz parte do programa, mas não como disciplina. Os conteúdos são antes transmitidos através de actividades para “conhecer o país”.