Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Regras para requalificação dos edifícios industriais
Segunda, 11/04/2011
A partir de 12 de Abril, podem começar a ser feitos os pedidos para mudar a finalidade de edifícos industriais para habitacional. Uma das medidas previstas é a demolição dos edifícios antigos, para construção de um novo.

Mas há regras para quem quiser demolir e construir. Os novos edifícios têm de proporcionar um mínimo de 70% de fracções habitacionais até 60 metros quadrados, ou seja, apartamentos de tipologia T1 e T2. O objectivo é aumentar a oferta de habitações de pequenas e médias áreas no mercado imobiliário de Macau.

Na península de Macau há cerca de 90 edifícios industriais, cerca de metade tem mais de 30 anos. Chan Weng Hei, chefe do departamento das Obras Públicas, estima que, se todos eles forem sujeitos a requalificação, podem ser construídas 12 mil fracções.

Os pedidos para demolição e construção vão ser considerados prioritários. De acordo com o director das Obras Públicas, Jaime Carion, os novos edifícios terão de seguir as regras de planeamento das zonas em causa. A direcção das Obras Públicas promete tratar estes processos em apenas 118 dias, contra os 255 previstos na lei. Esta medida de requalificação dos edifícios industriais será implementada a título experimental pelo prazo de um ano. Estão ainda previstas multas para quem não aproveitar o terreno dentro do prazo definido e que podem atingir 15 por cento do montante do prémio de concessão. De fora desta requalificação ficam para já as zonas de Pac On, na Taipa, e o Vale das Borboletas, em Seac Pai Van, em Coloane.