Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

José Tavares promete reforçar segurança alimentar
Segunda, 29/02/2016

O novo presidente do Conselho de Administração do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM), José Tavares, promete um reforço da segurança alimentar. “Vamos ter de arranjar maior fiscalização nesse sentido para poder controlar. Futuramente, teremos de fazer um ajuste à própria lei”, avançou o responsável, após a cerimónia de tomada de posse.

 

A venda ilegal de comida para fora, que está “a crescer como cogumelos”, é uma das práticas visadas. “Hoje em dia, [os vendedores] não pedem as nossas licenças. Vão às Finanças e pedem um M1, contornando a lei. Estão licenciados nas Finanças, têm uma licença, mas não é para estabelecimentos de comidas”, explicou José Tavares.

 

O sucessor de Alex Vong à frente do IACM promete ainda um “equilíbrio” na lei de protecção dos animais, em debate na Assembleia Legislativa. Tavares diz que nem todos os cães vão ser obrigados a andar com açaime. A hipótese tinha sido avançada pela deputada que preside a comissão que analisa o diploma, Kwan Tsui Hang.

 

O presidente do IACM garante que só os animais com um peso igual ou superior a 23 kg vão ser abrangidos pela nova norma. Além disso, também vai ser criada uma lista com as raças perigosas, que estão obrigadas a usar a protecção.