Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

UM tem novo plano para o Departamento de Português
Sexta, 19/02/2016

A Universidade de Macau (UM) tem um plano de desenvolvimento para o Departamento de Português. A Rádio Macau teve acesso a um relatório interno da instituição, onde constam novas medidas de reforço do ensino.

 

Ao nível da formação de docentes, a UM quer assumir um papel central. Já em Abril deve ser criada uma Associação de Professores de Português, durante uma conferência internacional. A sede do novo organismo vai ficar instalada no campus da Ilha da Montanha.

 

A UM pretende também estabelecer uma rede de colaboração com as cerca de 30 universidades chinesas que leccionam língua portuguesa. Além disso, durante os habituais cursos de verão, vão passar a ser organizadas formações para professores que ensinam português como língua estrangeira.

 

No relatório de 15 páginas, datado de 16 de Dezembro de 2015, lê-se ainda que vai ser oferecida uma licenciatura em tradução, em três línguas diferentes. Para favorecer a aprendizagem, a UM deve apostar igualmente em mais cursos.

 

Este plano de desenvolvimento para o Departamento de Português surge na sequência da polémica do final do ano passado. A UM planeava cortar nas aulas de língua portuguesa como disciplina opcional. O primeiro passo aconteceria já no segundo semestre deste ano lectivo: em vez de 18 turmas, a instituição passaria a ter apenas dez. O número iria sofrer uma nova redução no próximo ano.

 

De acordo com dados oficiais, no final de 2015, a instituição tinha 26 professores de português a tempo inteiro. No próximo ano lectivo, o número deve passar a 31.

 

Quanto a alunos, existiam 376. Só os 492 estudantes de inglês ultrapassam os de português em termos de ensino de línguas na universidade.