Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Primeiro leilão rendeu 245 milhões HKD à Poly Auction
Quinta, 11/02/2016

No primeiro leilão de arte organizado pela recém-criada PolyAuction foram vendidas obras no valor de 245 milhões de dólares de Hong Kong, resultados que a leiloeira classifica como “extraordinários” tendo em conta que se trata do primeiro evento organizado em Macau.

 

Uma pintura do mestre Zhang Daqian, um dos mais conhecidos pintores chineses do século XX, foi a obra mais cara a ser vendida: 17.7 milhões de dólares de Hong Kong foi quanto pagou um coleccionador para assegurar a pintura que data de 1973.

 

Outras obras de pintores chineses foram vendidas por valores superiores a 10 milhões de dólares de Hong Kong, enquanto um vaso da dinastia Qianlong foi arrematado por quase nove milhões de dólares de Hong Kong.

 

A nova leiloeira foi lançada no início do ano e resulta de uma parceria entre a empresária Angela Leong e a filha Sabrina Ho. Colocar Macau no mapa do mercado das artes a nível internacional foi um dos objectivos anunciados pela empresa.