Em destaque

26 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.0301 patacas e 1.1139 dólares norte-americanos.

Mais de 20 portugueses obrigados a sair de Macau desde 2013
Sexta, 05/02/2016

As autoridades recusaram 22 pedidos de renovação do Bilhetes de Identidade de Residente (BIR) a cidadãos portugueses, entre 2013 e 2015. Os dados são avançados à Rádio Macau pelo Corpo de Polícia de Segurança Pública (CPSP).

 

No ano passado, foram recusados quatro pedidos. Já em 2014, o número ascendeu a 12. Quanto a 2013, registou-se o indeferimento de seis renovações da autorização de residência.

 

De acordo com o CPSP, a recusa é feita “de acordo com a lei”. Quem não consegue renovar o BIR tem 30 dias para abandonar o território.

 

No início da semana, o cônsul-geral de Portugal em Macau garantiu que as autoridades locais não mudaram a estratégia na atribuição e renovação de residência a portugueses. As declarações de Vítor Sereno foram feitas depois de um encontro com o secretário para a Segurança, Wong Sio Chak.

 

De acordo com os últimos dados oficiais, avançados pela Rádio Macau, foi concedida a autorização de residência a 131 portugueses, em 2015. Ou seja, verificou-se uma diminuição de cerca de 48 por cento, em relação a 2014, quando foram emitidos 250 novos BIR.

 

O último ano terminou ainda com mais "blue cards" atribuídos a cidadãos de Portugal. Em 2015, existiam 97 pessoas nessas condições, face às 84 do ano anterior.