Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (quinta-feira)
Quinta, 04/02/2016

A ameaça de gripe aviária em Macau e a descoberta de um casino ilegal na Areia Preta são assuntos em foco na imprensa desta quinta-feira.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun tem hoje como tema principal a detenção de 15 pessoas acusadas de jogo ilegal: a polícia descobriu um casino clandestino num apartamento na Areia Preta. O jornal reserva espaço na primeira página para a notícia sobre o abate de 15 mil aves, depois de detectado o vírus H7N9 no mercado provisório do Patane.

 

Este é precisamente o tema que está em grande plano no Va Kio, que acrescenta no título que a venda de aves de capoeira está suspensa durante três dias.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi tem estado esta manhã a dar conta também da decisão do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais em relação às aves de capoeira.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve na manchete que “Operadoras do Cotai ganharam mercado em 2015”. No destaque com imagem, “Gabinete de Ligação sublinha importância da Escola Portuguesa de Macau”.

 

“As pessoas têm de mudar a cassete”, lê-se no Hoje Macau, que cita José Tavares. O presidente do Instituto do Desporto é entrevistado nesta edição. Em grande plano também estão as “Dúvidas sobre a extradição” da Novo Macau.

 

Quanto ao Ponto Final, elege para tema principal da edição a gripe aviária, com o título “Doidas, doidas, doidas andam as galinhas”, a remeter para a canção infantil. O jornal publica uma entrevista a Cristina Branco: “Fado com o mundo dentro”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily escolhe para manchete a questão da extradição entre Macau e Hong Kong: Sónia Chan diz que o empresário Joseph Lau, condenado por corrupção, poderá ser enviado para Macau para cumprir pena. Outro tema: a Galaxy Macau anunciou um bónus extra de 2888 patacas, depois de os trabalhadores terem reclamado que a compensação deste ano é mais fraca do que a que foi dada em 2015.

 

Quanto ao Macau Daily Times, escreve que a Associação Novo Macau evita fazer comentários sobre uma possível saída de Au Kam San da Assembleia Legislativa. Noutro título lê-se que “Grant Bowie ‘começa a ver alguns sinais de consolidação’”.

 

Já o Macau Post Daily refere nas gordas que o Governo suspende venda de aves durante três dias por receio de vírus. O jornal publica ainda na primeira página fotografias e textos sobre a detenção que aconteceu na Areia Preta: 15 pessoas foram levadas para a esquadra por jogo ilegal.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

No China Daily está hoje em foco a visita de Xi Jinping à província de Jiangxi: o Presidente chinês defendeu maior rigor no combate à pobreza nas zonas rurais. A manchete é feita, no entanto, de outros assuntos: Pequim acredita que vai conseguir manter o ritmo de crescimento económico do ano passado.

 

O South China Morning Post dá destaque ao negócio que a China National Chemical Corporation decidiu fazer: vai investir 43 milhões de dólares na aquisição da empresa suiça Syngenta. O jornal dá ainda conta de um estudo publicado que diz que os bebés alimentados com leite materno são mais inteligentes e saudáveis do que aqueles que bebem leite em pó – uma má notícia para a China, escreve o jornal, consumidora de 40 por cento da fórmula que se produz ao nível mundial.

 

Por último, o Standard, que tem como notícia principal da edição de hoje o vírus Zika que, indica o jornal, é uma ameaça cada vez maior em Hong Kong. Outro tema na capa: cerca de 90 por cento das escolas da região vizinha vão suspender um sistema de avaliação que tem dado muita polémica.