Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Governo planeia Academia de Medicina
Terça, 02/02/2016

Na Assembleia Legislativa, numa sessão dedicada às interpelações orais dos deputados, o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura esclareceu hoje que a Academia de Medicina ficará na dependência dos Serviços de Saúde. Alexis Tam afastou a ideia de que a futura instituição possa ter localização na Universidade de Macau.

 

Face a alguma confusão dos deputados, o secretário disse que a Academia de Medicina será “uma subunidade” dos Serviços de Saúde e deverá ficar localizada no hospital público. “Se a Universidade de Macau vai ser o local onde ficará situada, isto não, porque no futuro vamos ter um local para a Academia de Medicina”, disse, sem referir especificamente o sítio.

 

Alexis Tam adianta que um grupo de trabalhado, liderado pelo director dos Serviços de Saúde, Lei Chin Ion, está a planear a criação da academia. “Depois de ter tomado posse, pedi ao director dos Serviços de Saúde para visitar Hong Kong para ouvir as experiências da região vizinha e fazer um estudo. Já temos um grupo de trabalho para ver como podemos coordenar os trabalhos, especialmente de formação na Academia de Medicina”.

 

Pouco parece estar decidido. O secretário acrescentou que como “a função e o enquadramento específico” da academia se encontram em análise, não pode avançar, por enquanto, quais as disciplinas nem fazer uma previsão sobre o número de médicos especialistas a serem formados na futura instituição.

 

Alexis Tam também realçou que no sistema público de saúde, os médicos especialistas formados aqui já correspondem a 70 por cento do total, o que não impede contratações de mais profissionais no estrangeiro, nomeadamente em Portugal e na China.

 

O secretário também assegurou que os Serviços de Saúde vão estabelecer um mecanismo mais rigoroso para a apreciação dos médicos, através da realização da prova de qualificação profissional, da avaliação do estágio e da intensificação da formação contínua.