Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

LVS pede conservação de informações sobre governantes
Sexta, 21/10/2011
A Las Vegas Sands está a pedir aos funcionários para que conservem eventuais informações sobre membros do Governo de Macau que terão jogado nos casinos da operadora.

A revelação é feita pelo Wall Street Journal que cita um memorando interno com o pedido da empresa de jogo aos funcionários.

O jornal norte-americano interpreta que o pedido da empresa aponta o possível foco das investigações por parte dos Estados Unidos que pendem sobre a Las Vegas Sands, acerca de alegados subornos.

De acordo com o Wall Street Journal, o memorando interno dá instruções para que seja conservada qualquer informação sobre elementos do Governo de Macau e familiares, e também sobre fucionários e colaboradores da Sands, entre os quais o advogado Leonel Alves, consultor legal da Sands China.

Além de documentos, o memorando especifica que também devem ser mantidas quaisquer imagens que impliquem membros do Governo de Macau que tenham jogado nos casinos da Sands, algo que a lei de Macau proíbe.

O Wall Street Journal pediu um comentário ao Governo de Macau, mas não obteve qualquer resposta.